quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

10 hábitos de executivos de Marketing de sucesso


Autora: Roberta Moraes

Numa sociedade em constante transformação, impulsionada pelo avanço do mundo digital, que alia criatividade e tecnologia, é fundamental que os profissionais estejam cada vez mais antenados e abertos a novidades. Em algumas áreas, como o Marketing, em que a cada dia surgem novas ferramentas e necessidades, os executivos devem acompanhar de perto essa evolução para se destacar. E, para isso, não basta contar com a sorte, é preciso manter hábitos como exercitar a curiosidade e a sociabilidade, além de investir em constante capacitação.

Além de visão estratégica de negócios, também é necessário que esse profissional tenha uma percepção financeira, para saber o quanto toda a estratégia de Marketing impacta na rentabilidade da empresa, considerando risco e retorno. A capacidade de atribuir valor e perceber como isso repercute no resultado da empresa também é um diferencial importante. Um bom exercício é conhecer todos os setores da organização, da produção à distribuição, passando por um profundo entendimento da jornada de compra do shopper.

Com a internet mudando cada vez mais a relação de consumo e influenciando a experiência de compra, o profissional de Marketing tem que se adaptar para estar alinhado a essas necessidades. É importante, por exemplo, desenvolver novas competências, interpretar as informações e ter foco em resultados. Conheça esses e os outros hábitos comuns aos executivos de Marketing de sucesso a seguir.

1 – Mantenha os olhos no futuro
Com a aceleração das mudanças tecnológicas, econômicas e comportamentais, o Marketing está, a todo momento, se transformando e encontrando novos caminhos. O executivo bem sucedido sabe como a empresa está atuando, como ela quer se posicionar a cada dia e, principalmente, aonde ela quer chegar nos próximos 12 meses. Conhecer o que acontece no mundo para aplicar à realidade das organizações é importante para antecipar tendências e encontrar soluções.

A capacitação, além dos tradicionais cursos de especialização e da formação acadêmica, pode ser buscada no mercado internacional, por meio de informações das universidades, fóruns de discussão e centros de pesquisa que estão mais acessíveis e permitem que o profissional saiba o que está sendo debatido no mundo. É preciso estar com os olhos e a mente aberta para poder captar e compreender os movimentos que acontecem no mundo.

2 – Tenha visão global com entendimento local
Não adianta, entretanto, entender o que acontece lá fora, se não souber aplicar à realidade em que está inserido. O importante é ter uma compreensão local combinada com a visão macro. “Entender o que acontece no mundo é essencial. Da mesma forma que um profissional americano, por exemplo, quer saber o que acontece no mercado brasileiro, o daqui tem que estar atento ao que ocorre nos Estados Unidos, na Europa ou em qualquer lugar da Ásia. O mais importante é entender localmente, mas ter uma visão global do que pode ser feito”, reforça , em entrevista ao Mundo do Marketing.

3 – Capacite-se constantemente com foco em resultado
Manter-se capacitado é fundamental para atravessar momentos de crise no mercado, como o atual cenário econômico brasileiro. Por conta da estagnação, houve uma redução nas posições em aberto na área de Marketing, segundo a Michael Page. Em momentos delicados como este, quando o mercado está mais difícil, no entanto, as empresas costumam focar na substituição de alguns funcionários por outros com uma visão de negócio focada em rentabilidade. “O profissional atualizado, que esteja focado em aumentar a receita da empresa e melhorar o relacionamento da marca com o cliente, ainda tem uma demanda grande. O mercado busca pessoas com maior entrega de resultado”, comenta o headhunter.

4 – Seja comprometido com a empresa
Ser proativo e estar alinhado às tendências fazem parte do perfil do profissional que está preparado para se antecipar aos problemas e alterar um projeto de acordo com o comportamento e anseios do consumidor. Cada vez mais as organizações buscam pessoas engajadas, que estejam interessadas em fazer da missão e dos valores da empresa seus propósitos pessoais.

Essas características são consideradas quando as empresas começam a analisar o perfil dos candidatos que vão integrar o quadro de colaboradores. “O profissional ideal é aquele que tem algum interesse com a missão da empresa, que se mostra capaz de executar tarefas e que tenha paixão pelo que faz, em vez de estar apenas interessado na vaga por conta dos benefícios financeiros que ela oferece”, comenta Guilherme Santa Rosa, CEO da Fábrica de Aplicativos, em entrevista ao Mundo do Marketing.

5 – Seja cada vez mais digital
Com o crescente investimento das empresas no mundo online e o mercado caminhando para uma relação mais próxima entre consumidores e marcas, é essencial que os executivos tenham o conhecimento de ferramentas de redes sociais e, principalmente, saibam como interagir com esse público. “Antes as marcas e as empresas ditavam o caminho do mercado. Agora, com o poder das redes sociais, isso foi invertido: é o consumidor que diz o que quer. O profissional tem que saber se adaptar a essa realidade e, principalmente, saber tirar o melhor disso”, afirma Cunha.

6 - Desenvolva novas competências
Os executivos devem estar prontos para adquirir periodicamente novas competências, a fim de se adequarem às transformações da sociedade. “Um bom profissional de Marketing deve estar constantemente lendo, pesquisando, mantendo bom relacionamento, participando de eventos e congressos. É importante cultivar boas conversas, almoço de negócios, eventos e ter capacidade de escutar e observar o outro”, pondera Romeo Busarello, Diretor de Marketing e Ambientes Digitais da Tecnisa, em entrevista ao Mundo do Marketing.

7 – Seja curioso
Com o mercado em constante movimento – como o próprio nome Marketing sugere – é fundamental que os profissionais desenvolvam algumas habilidades. Ser curioso é a principal delas. É preciso ser perspicaz e conseguir olhar além dos acontecimentos para criar novas ideias e ser capaz de fazer associações. Para isso, é importante ultrapassar os sentidos e ir além da visão, exercitar a observação, percebendo o comportamento das pessoas nos mais diversos momentos e ambientes. Esse olhar diferenciado e mais curioso favorece a inovação.

8 – Esteja aberto a novas experiências
Libertar-se da rotina e experimentar as ferramentas e plataformas de negócios que vêm emergindo, como os aplicativos para chamar táxis, bitcoins, as bicicletas compartilhadas e, até mesmo, estar atento a tudo o que acontece ao redor, como feiras, ônibus e metrô, contribuem para ampliar a visão dos especialistas.

Essas experiências podem gerar negócios, como aconteceu com a construtora Tecnisa, que instalou uma feira gastronômica em um empreendimento em São Paulo, após um diretor se deparar com um evento semelhante em Frankfurt. A iniciativa foi importante para aumentar o número de visitantes e contribuiu para impulsionar o negócio.

9 – Interprete as informações
Desenvolver ações pautadas na interpretação de dados é fundamental nos dias de hoje para entregar ao consumidor o que ele realmente deseja, otimizando o impacto da ação. “O uso de ferramentas como o Big Data é essencial para que o profissional entenda, com base em informações, qual estratégia ele tem que colocar no mercado”, comenta Fabio Cunha.

10 – Invista em network

Assim como as relações sociais são importantes em qualquer setor da vida, manter uma sólida rede de contatos é fundamental no meio empresarial. A qualidade do profissional no ambiente corporativo pode ser avaliada por meio do resultado da equação: o que você sabe x quem você conhece. “Se um bom profissional de Marketing não tiver uma vasta rede de relacionamentos, ele será um profissional medíocre. Cerca de 60% dos meus problemas como executivo na Tecnisa são inéditos, nunca enfrentei na vida. E a solução eu busco na minha rede de relacionamento e não nos livros”, ensina Romeo Busarello.

Informações da Empresa: a CorpTV é uma empresa especializada na tecnologia Streaming (Transmissão de dados - vídeo/áudio) para a criação de soluções de comunicação corporativa à distância, transmissão de eventos corporativos e comerciais via internet ou intranet(Videoconferências Ponto-a-Ponto ou Multiponto, Webconferência, Webcast, etc) e criação de canais de TV e Rádio via internet (WEBTV e WEB Rádio).

FONTE: CorpTV