sexta-feira, 27 de novembro de 2015

O que é API?


Interface de Programação de Aplicações ou Interface de Programação de Aplicação, cujo acrónimo API provém do Inglês Application Programming Interface, é um conjunto de rotinas e padrões estabelecidos por um software para a utilização das suas funcionalidades por aplicativos que não pretendem envolver-se em detalhes da implementação do software, mas apenas usar seus serviços.

API é a "matrix" dos aplicativos, ou seja, uma interface que roda por trás de tudo: enquanto você usufrui de um aplicativo ou site, a sua API pode estar conectada a diversos outros sistemas e aplicativos. E tudo isso acontece sem que você perceba. De modo geral, a API é composta por uma série de funções acessíveis somente por programação, e que permitem utilizar características do software menos evidentes ao utilizador tradicional.

Por exemplo, um sistema operacional possui uma grande quantidade de funções na API, que permitem ao programador criar janelas, acessar arquivos, cifrar dados etc. Mas as APIs dos sistemas operacionais costumam ser dissociadas de tarefas mais essenciais, como a manipulação de blocos de memória e acesso a dispositivos.

Essas tarefas são atributos do núcleo de sistema e raramente são programáveis. Outro exemplo são programas de desenho geométrico que possuem uma API específica para criar automaticamente entidades de acordo com padrões definidos pelo utilizador.

Mais recentemente, o uso de API tem se generalizado nos plugins (acessórios que complementam a funcionalidade de um programa). Os autores do programa principal fornecem uma API específica para que outros autores criem plugins, estendendo as funcionalidades do programa.

Exemplos

No Windows, ela funciona num aplicativo que se utiliza do relógio do sistema, por exemplo, para exibir a mesma função dentro do programa ou então associar algum comportamento a determinada hora do relógio.

Quando o assunto é web, a funcionalidade da API pode ser ainda maior. Existem diversos serviços que disponibilizam seus códigos para serem utilizados em outros sites. Talvez o melhor exemplo disso seja o Google Maps. Diversos outros sites utilizam este serviço dentro de suas páginas, usando o código original e adaptando-o da maneira mais conveniente.

Assim, quando você acessa uma página de um guia de restaurantes em sua cidade, por exemplo, pode visualizar sua localização através de um mapa fornecido pelo Google Maps. Isto é realizado através da API. Através dela, desenvolvedores de softwares e programadores da web podem criar belos programas e páginas, repletos de conteúdo para seus usuários.


Além de sistemas operacionais e páginas da web, APIs são encontradas também em tocadores de mídias e conectam as funções de áudio e de vídeo em serviços de transmissão. É uma API que permite e realiza, de fato, a transmissão de áudio e vídeo da grande rede para o seu computador. Enfim, APIs diferentes estão presentes em navegadores, aplicativos de variadas linguagens e para variadas finalidade.

FONTE: CorpTV