quarta-feira, 15 de outubro de 2014

WEB TV, o que é isso?


Se você usa a internet rotineiramente, você já deve ter ouvido falar em "WEBTV". Trata-se da transmissão, ao vivo, de um sinal de TV pela internet ou da transmissão de vídeos sob demanda. Seguindo os portais online dos grandes jornais do Brasil, o Diário do Nordeste inaugurou a sua webTV em dezembro do ano passado. Desde então foram cerca de 270 vídeos postados e quase 200 mil acessos, em vídeos que vão de dicas de saúde e beleza aos gols dos jogos do Campeonato Cearense de Futebol, passando por dicas de tecnologia e segurança, com a participação de especialistas no assunto.

Um dos destaques da TV DN, é o "Time de Fora Ao Vivo", em que três repórteres do Diário do Nordeste comentam as partidas e o desempenho dos principais times do Ceará e do Brasil, todas as segundas e sextas-feiras, às 14h. Além dele, a TV DN também debate e aprofunda assuntos interessantes para a sociedade em diversos campos, como política, ciência, tecnologia e saúde. Os repórteres comentam, ainda, as principais estreias do cinema da semana. Na TV DN, o internauta pode sugerir entrevistados, assuntos a serem abordados e enviar perguntas para quem está no estúdio.

A WEBTV dá ao usuário e a quem produz esse tipo de conteúdo novas possibilidades de interação. Com a mesma personalidade colaborativa da internet, a webTV transmite informação de uma maneira diferente, compartilhando com o próprio usuário a função de produzir e distribuir informação, promovendo um fluxo de informações de mão-dupla.

"Essa foi mais uma inovação nossa, de querer trazer um novo formato de informação para os nossos leitores", comenta o editor web do Diário, Daniel Praciano. Os vídeos disponibilizados na TV DN são um complemento para as matérias tanto do Diário do Nordeste Online quanto do jornal impresso, que aderiu aos QR codes (imagens-código que, quando escaneadas pelos smartphones, direcionam o leitor para um conteúdo extra) para adicionar ainda mais conteúdo às matérias.

Entre os vídeos mais vistos estão o do acompanhamento das obras do Estádio Castelão para a Copa do Mundo de 2014, os gols dos jogos do Campeonato Cearense e o flagrante de um incêndio no bairro Dionísio Torres.

A jornalista Daniela Ribeiro afirma em um artigo que em alguns países como o Japão e a Inglaterra, o sistema de TV digital já funciona há alguns anos, mas a interatividade do telespectador com o conteúdo transmitido ainda é baixa se comparada a interatividade proporcionada pela webTV. "Nesses países o telespectador pode escolher sua programação, assistir a mais de um canal ao mesmo tempo, consultar seu webmail enquanto assiste à programação de TV, mas não pode, ainda, interferir no conteúdo do programa", declara a jornalista.

No Brasil, poucos jornais aderiram ao formato WEBTV. Em São Paulo, a Folha de S. Paulo lançou a TV Folha, que além de transmitir informações complementares na internet, recentemente fechou uma parceria com a TV Cultura. O jornal Estado de São Paulo também acreditou no formato de TV online e lançou a TV Estadão. Nos portais não atrelados a jornal impresso, o UOL se destaca, com a sua TV UOL, disponibilizando amplo material de entretenimento para os seus assinantes.

O formato web TV vem crescendo e, na opinião do doutorando em linguística Rafael Rodrigues, isso se dá principalmente porque o usuário de web TV não é apenas um espectador, como na TV tradicional. Ele interage com o tema, ajudando a construir a pauta, os valores-notícia e os meios que oferecem conteúdo. Tudo isso sem sair de casa.


Informações da Empresa: a CorpTV é uma empresa especializada na tecnologia Streaming (Transmissão de dados - vídeo/áudio) para a criação de soluções de comunicação corporativa à distância, transmissão de eventos corporativos e comerciais via internet ou intranet(Videoconferências Ponto-a-Ponto ou Multiponto, Webconferência, Webcast, etc) e criação de canais de TV e Rádio via internet (WEBTV e WEB Rádio).

FONTE: CorpTV