quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Cetic.br divulga dados sobre provedores de Internet e uso das TIC por empresas brasileiras


O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), divulgou o resultado de duas pesquisas realizadas através da parceria: a TIC Empresas e a TIC Provedores.

Com o objetivo de medir o acesso e o uso das tecnologias de informação e comunicação (TIC) entre as empresas brasileiras com 10 ou mais pessoas ocupadas, a TIC Empresas chega em 2014 à sua 10ª edição. A pesquisa foi realizada com uma amostra de 7.198 empresas que representam 11 diferentes setores da economia.

A TIC Provedores 2014, por sua vez, investiga a atuação das empresas de provimento de acesso à Internet no país. O levantamento foi realizado entre setembro de 2013 e outubro de 2014 com o apoio das principais associações de provedores de serviços de Internet no Brasil, e identificou 2.138 empresas formais de provimento de serviços de Internet em todo o território nacional.

TIC Empresas 2014

A pesquisa identificou que 74% das empresas que utilizam computador já oferecem alguma forma de acesso remoto às pessoas ocupadas da empresa, compreendendo ações como acesso ao e-mail corporativo (56%), ao sistema de computadores (56%) e pastas e arquivos das empresas (49%). Estas ferramentas estão disponíveis em maior proporção para os executivos ou diretores (91%) e para os profissionais de TI (85%), em comparação às demais pessoas ocupadas (57%) da empresa. “Em termos globais, a universalização do acesso e uso das TIC e o avanço da conectividade nas empresas certamente gerará transformações significativas nas formas de trabalho, inclusive com o surgimento de uma economia do compartilhamento, ousharing economy. A TIC Empresas tem gerado informações relevantes, ao longo dos últimos 10 anos, que contribuem para a compreensão de como o ambiente tecnológico nas empresas está evoluindo no Brasil, favorecendo a inovação por meio das TIC”, afirma Alexandre Barbosa, gerente do Cetic.br.

No que diz respeito à mobilidade, a TIC Empresas 2014 revela que entre as empresas que utilizam computador, 71% contam com computadores portáteis e 22% com tablets – em 2011, apenas 13% das empresas utilizavam tablets. A pesquisa também verificou que 78% das empresas possuem uma rede local sem fio e 72% utilizaram celular corporativo.

Sobre a presença na Web, 62% das empresas que tem acesso à Internet, declararam possuir um website – entre as grandes (com mais de 250 pessoas ocupadas), essa proporção é de 86%. Já a proporção das que adotaram as redes sociais segue em crescimento: 45% delas possuem perfil próprio, enquanto em 2012 apenas 36% das companhias reportaram manter perfil nesses canais. A preocupação com a imagem e atualização das redes sociais também foi verificada, uma vez que 72% das empresas que possuem perfil, mantêm uma área ou responsável pelo seu monitoramento, e mais da metade delas postam todos os dias (20%) ou pelo menos uma vez por semana (38%).

Em relação ao comércio eletrônico, 21% das companhias com acesso à Internet venderam produtos ou serviços online. O e-mail é o canal mais utilizado para as vendas (por 79% das empresas), enquanto owebsite é usado por 58%. As redes sociais (31%) e sítios de compra coletiva (19%) são menos utilizados para o comércio.

No que diz respeito às capacidades e habilidades, verificou-se que apenas 39% das empresas contam com área ou um departamento de Tecnologia da Informação (TI). Entre as grandes empresas, no entanto, esse percentual chega a 89%. A TIC Empresas 2014 constatou ainda que, entre as empresas que usam computador, 30% introduziram softwares novos e 24% das companhias utilizaram softwares desenvolvidos pela própria empresa.

TIC Provedores 2014

Os provedores de serviços de Internet atuam, em sua maioria, na região Sudeste (43%), seguido pela região Sul (31%), Nordeste (21%), Centro-Oeste (15%) e Norte (9%). A presença na região Sul apresentou crescimento de oito pontos percentuais em relação ao primeiro levantamento, realizado em 2011. A TIC Provedores 2014 também registrou um aumento na densidade de provedores por habitante, com destaque para a região Norte, que passou de 0,76 para 1,12 provedores a cada 100 mil habitantes. De forma geral, 45% das empresas atendem até três municípios, enquanto 22% atendem mais de dez.

Sobre as velocidades de conexão, as mais ofertadas estão na faixa de 1Mbps a 10 Mbps – serviço oferecido por 94% das empresas. Somente 9% dos provedores oferecem velocidades entre 100 Mbps e 1 Gbps aos seus clientes, enquanto 89% deles ofertam conexão de 128 Kbps a 1 Mbps. As empresas que ofertam as velocidades mais baixas concentram-se na região Norte onde 95% dos provedores oferecem velocidades de 128 Kbps a 1 Mbps.


O levantamento também indica que 70% dos provedores possuem sistemas autônomos (AS – Autonomous System). Aqueles que ainda não utilizam esse recurso apontaram o custo envolvido e o valor do investimento inicial como principais impedimentos. A pesquisa TIC Provedores 2014 revela ainda que 28% das empresas participam de um ponto de troca de tráfego (PTT), sendo a melhoria da qualidade dos serviços de Internet (citada por 88% das empresas), a redução do custo do tráfego (79%) e a melhoria da organização do tráfego da Internet local (73%) as principais justificativas para a participação nos PTTs.

FONTE: CorpTV