sexta-feira, 17 de abril de 2015

15 previsões certeiras de Bill Gates feitas em 1999 para o futuro da web


Autor: Leonardo Muller

O fundador da Microsoft, Bill Gates, é um dos nomes mais respeitados do mundo pela sua habilidade nos negócios e também na criação de tecnologia. Essa reputação foi construída ao longo dos anos com atitudes é também com algumas previsões futurísticas que acabaram se concretizando. Por conta disso, nós selecionamos as 15 previsões de Gates para a internet feitas em 1999 que já se tornaram realidade.

Essa lista foi originalmente compilada por um estudante de administração finlandês chamado Markus Kirjonen em seu blog. Ele tirou tudo isso de um livro escrito por Gates, chamado “Negócios @ Velocidade do Pensamento”. A obra foi publicada em 1999 e, além de várias dicas de como ser bem-sucedido na vida profissional, o texto trazia algumas previsões sobre o futuro da web.

Kirjonen selecionou os 15 itens que já se tornaram realidade. Muitos deles inclusive surpreendem pela naturalidade com a qual encaramos essas coisas na atualidade. Gates previu os comparadores de preços e também as assistentes pessoais digitais, como Cortana, Google Now e Siri. Confira:

1. Comparadores de preços na web
Ele disse que esses tipo de site seria popular em alguns anos a partir de 1999, o que deixaria o ato de pechinchar mais fácil.

2. Aparelhos móveis conectados à internet
Gates comentou que teríamos pequenos dispositivos em nossos bolsos que permitiriam manter contato com pessoas, cuidar de negócios, ver informações sobre voos e detalhes do mercado financeiro o tempo todo. Basicamente, ele sabia que o smartphone estava por vir já em 1999.

3. Pagamento de contas na web
Ele previu que seria possível pagar qualquer coisa pela internet, cuidar das finanças e até entrar em contato com médicos pela web.

4. Assistentes pessoais
O criador da Microsoft sabia que esse tipo de software seria desenvolvido e que seria baseado na web antes mesmo de Cortana, Google Now e Siri terem sido imaginadas por qualquer uma de suas criadoras. Gates disse que esses assistentes seriam capazes de “conectar e sincronizar todos os seus dispositivos de uma forma inteligente, tanto no escritório quanto em casa…”. Ele continua explicando que esses assistentes poderiam checar emails e notificações e apresentar informações concisas na hora certa.

5. Vigilância doméstica
Gates previu que seria possível monitorar por vídeo sua casa através da web a partir de qualquer lugar. Isso ainda não é exatamente popular atualmente, mas já é possível há algum tempo.

6. Redes sociais
Apesar de a Microsoft não estar investindo em uma rede social na atualidade, o Tio Bill já sabia em 1999 que elas seriam um sucesso no futuro. Ele disse que teríamos “sites privados para conversar com amigos e família e planejar eventos etc.”.

7. Dicas de hotéis e alertas de voos
Gates previu que se desenvolveria no futuro softwares capazes de saber quando você tem uma viagem de avião programada e, com isso, poderiam emitir aletas e sugerir hotéis e atividades para você na cidade que estaria indo visitar. O Google Now faz isso de forma muito precisa.

8. TV interativa ou segunda tela
Ele comentou em seu livro de 1999 que, no futuro, serviços permitiram interagir e discutir sobre o conteúdo da televisão. Seria possível, por exemplo, participar de enquetes e dar opiniões. O Twitter é muito usado para isso, e a TV digital interativa já permite esse tipo de interatividade também.

9. Publicidade online superdirecionada
Apesar de isso ser encarado por muita gente como uma invasão de privacidade, anúncios que aprecem na sua tela levando em consideração o seu histórico de navegação e de compras ainda não existiam em 1999. Bill Gates já imaginava que esse método seria largamente utilizado no futuro.

10. TV com links externos
Ele comentou que transmissões de TV trariam links para sites relevantes relacionados ao conteúdo mostrado no momento. Muitos canais já colocam QR Codes na tela ou sugerem endereços da web em que é possível saber mais sobre o assunto comentado ao vivo.

11. Internet cidadã
Gates previu plataformas colaborativas em que pessoas poderiam discutir políticas locais e participar do poder público nas ações realizadas em cidades e países. Atualmente, muitos sites permitem coisas similares, e apps como o Colab.re trazem interação entre usuários e governo.

12. Comunidades online
Em 1999, comunidades na web sempre juntavam pessoas a partir de sua localização com a finalidade de fazê-las se conhecerem no mundo real. Gates previu que isso mudaria um pouco, e essas comunidades juntariam pessoas a partir de seus interesses específicos para discutirem sobre qualquer coisa, não importando se elas poderiam se conhecer no mundo real ou não.

13. LinkedIn
Gates previu em 1999 que sites de procura de emprego seriam mais inteligentes. Seriam plataformas em que um gerente de projeto poderia criar um anúncio descrevendo possíveis atividades e, com isso, receberia recomendações de pessoas capazes de fazer o que ele precisa. O LinkedIn funciona basicamente assim na atualidade.

14. Empregos online
Ele também comentou que pessoas procurando por emprego poderiam descrever suas habilidades e criar currículos online para encontrar trabalho. É basicamente o caminho inverso da ideia anterior.

15. Licitações online
Outra ideia para o mundo dos negócios seria colocar ofertas de trabalhos online para companhias terceirizadas se candidatarem. Ele basicamente descreve como o processo de licitações ou ofertas de trabalhos em livre concorrência é feito atualmente por governos e grandes companhias.


Por fim, Gates comparou o advento da internet com o advento da eletricidade. Ele explica que, quando a eletricidade chegou às residências, sua única finalidade era acender lâmpadas. Com o tempo, foram desenvolvidos inúmeros outros usos para essa tecnologia. Atualmente, as lâmpadas são a parte menos importante da eletricidade para a sociedade atual. Gates disse que o mesmo aconteceria com a internet. Ele acertou?

FONTE: CorpTV