terça-feira, 7 de julho de 2015

Como se comportar em eventos corporativos


Com frequência, somos convidados para eventos corporativos, coquetéis, conferências, entre outros. Nestas horas temos que saber como nos comportar para deixarmos a melhor imagem possível.

Algumas dicas:

Chegada - O horário de chegar a um evento, seja de que tipo for, é sempre um problema no Brasil. Não temos o hábito da pontualidade. Seja pontual, porém, se o evento é patrocinado pela sua empresa, chegue 10 minutos antes, afinal você é o anfitrião.

Roupas – Procure saber o traje do evento, na dúvida use roupas formais, mesmo que se trate de um show. Se for um coquetel ou jantar, use terno escuro e camisa branca.

Moderação - Coma e beba com moderação. Dizem as normas de etiqueta que é indelicado tirar o último canapé de uma bandeja, o que fazer se o garçom se aproxima com dois canapés e você está conversando com uma pessoa? Quem vai ficar com último (o indelicado?) ou sem nenhum? Brinque a respeito "Tiramos juntos?" ou "Eu fico com um e você com o outro?".

Saída - No Brasil não se costuma colocar o horário de término para um evento, então temos que usar nosso bom senso, de acordo com a ocasião, a formalidade ou animação da festa. Não há necessidade de ser o primeiro a sair, mas não seja o último (a não ser que você seja o irmão do anfitrião ou o próprio anfitrião). Porém, se por alguma razão você estiver entre os primeiros a ir embora, seja discreto, apenas saia, sem grandes abraços.

Ausência - Caso não possa comparecer ao evento para o qual foi convidado, telefone avisando com a maior antecedência possível, principalmente se for uma refeição.

Dia seguinte - Nada de falar mal de alguém, nem do chefe ou da empresa. Divirta-se, porém tenha em mente que ali, naquele momento, é uma continuação do escritório. Preserve seu emprego e suas boas relações.

Lembre-se que, no dia seguinte, você terá que encarar colegas e chefes.

Cartões - Num almoço de negócios onde haja a necessidade de troca de cartões, deve-se fazê-lo no início, pois isto facilitará a identificação das pessoas. Numa reunião comercial pequena, a troca de cartões é feita ao final do evento, a não ser que o anfitrião faça-o no início. Num evento maior deve-se perceber a oportunidade de trocar os cartões, jamais usá-lo como sua apresentação, e sim como uma forma de manter um contato recém feito.


Entregue o cartão na mão da pessoa, de forma que quem o recebe, possa lê-lo imediatamente, sem ter que ficar virando o cartão. Se houver a necessidade de anotar algum dado, faça-o no verso, jamais na frente do cartão.

FONTE: CorpTV