quarta-feira, 29 de julho de 2015

Primeiro estagiário do Facebook cria startup que já vale US$ 1 bilhão


Autora: Júlia Miozzo

O primeiro estagiário da história do Facebook, Darian Shirazi, começou sua carreira por conta própria aos 15 anos, quando começou a revender componentes de computador no eBay. Hoje, ele possui uma startup que já recebeu oferta de compra de US$ 35 milhões do Google.

Ainda na época em que vendia os componentes, ele acabou se tornando um estagiário do próprio eBay por dois verões seguidos por conta do sucesso que fez. Como conta o Business Insider, em pouco tempo Darian foi capaz de criar contatos no Vale do Silício e acabou sendo contratado pelo Facebook, quando a empresa ainda tinha apenas 12 funcionários. Na época, ele trabalhava diretamente sob as ordens de Mark Zuckerberg e ficou cerca de dois anos, até demitir-se para ir à faculdade.

Em seguida, ele criou a startup Fwix, um agregador de notícias que pesquisava na internet por notícias locais e conteúdo relacionado, construindo uma base que as empresas de mídia normalmente usam para conseguir gerar leads.

Foi em 2011 que o Google se ofereceu para compara a startup por US$ 35 milhões, mas Darian recusou a oferta e começou a mirar em todos os tipos de negócio, ao invés de apenas empresas de mídia – o que fez da Fwix uma empresa de softwares de marketing “profético” chamada Radius. Seu software analisa milhões de dados para identificar potenciais consumidores, enquanto ajuda as campanhas de marketing a adquiri-los e analisar sua performance.

Logo a Radius tornou-se uma das empresas de software de marketing mais populares do mundo. Nesta quarta-feira (29), Darian anunciou uma rodada de investimentos de US$ 50 milhões para a startup.


Segundo ele, o valor da empresa está entre US$ 500 milhões e US$ 1 bilhão. Até hoje, já recebeu um total de US$ 125 milhões em investimentos. Todo o valor deve ser revertido em construir seu time de vendas, já que o empreendedor tem como meta fazer com que mais empresas da lista Fortune 500 passem a usar seu produto.

FONTE: CorpTV