sexta-feira, 17 de julho de 2015

Internet móvel não está "matando" o uso de desktops


A tese segundo a qual as plataformas mais tradicionais como os desktops serão substituídas por dispositivos móveis cada vez mais potentes para acessar conteúdos online se tornou praticamente um consenso no mercado nos últimos anos. Um estudo recente, no entanto, divulgado pela comScore, empresa de medição de audiência digital, não corrobora com esse ponto de vista, pelo menos quando analisado o mercado norte-americano.

Segundo o relatório da consultoria, a parcela do consumo total proveniente de dispositivos móveis está crescendo, mas o uso do desktop para acesso à web não está caindo. Os dados mostram, por exemplo, que o tempo total gasto online por usuários de desktops nos EUA manteve-se relativamente estável durante os últimos dois anos, enquanto o tempo gasto por usuários de dispositivos móveis tem crescido rapidamente (veja gráfico abaixo, onde o tempo de acesso móvel é representado pela linha verde, e o tempo de acesso por desktop, pela linha azul).
Os dispositivos móveis são verdadeiramente absolutos na nova era da web na parte da manhã e à noite, enquanto o tráfego via desktop permanece dominante durante a semana.


O estudo tem implicações importantes para anunciantes e agências de mídia, que muitas vezes alteram seus sites e estratégias para atender ao crescimento da audiência em dispositivos móveis.

FONTE: CorpTV