sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

6 maneiras de alcançar os brasileiros por meio da TV social


Uma série de pesquisas recentes documenta como um número cada vez maior de brasileiros está aderindo à televisão social, assistindo TV enquanto acessa a internet e usando redes sociais para discutir programas e interagir. Uma pesquisa do Google Brasil indicou que cerca de 30 milhões de brasileiros usam três telas de uma vez só – TV, smartphone e laptop/tablet – todos os dias.

Recentemente, as empresas eCGlobal Solutions e eCMetrics desenvolveram uma pesquisa detalhada que envolveu mais de 2.000 brasileiros para entender como eles usam a TV social. Com base nos resultados dessas pesquisas, apresentamos, a seguir, 6 maneiras para profissionais de mídia, marketing e publicidade alcançarem usuários de televisão social no Brasil.

1. Sincronize anúncios em redes sociais com hábitos de TV
No geral, 86% dos brasileiros afirmam que gostam de comentar o que estão assistindo na televisão. E eles estão cada vez mais fazendo isso nas mídias sociais: 53% dos brasileiros na faixa dos 18 aos 24 anos usam redes sociais para comentar sobre a programação enquanto assistem TV. Embora seja de se esperar que os brasileiros mais jovens façam isso com mais frequência, uma pesquisa da eCGlobal mostra que um percentual significativo de brasileiros de outros faixas etárias posta comentários em redes sociais enquanto assiste à televisão: 49% na de 25-35 anos, 49% na de 36-45 e 45% na de 45-60.

Esses números sugerem que os anunciantes podem, por exemplo, veicular posts patrocinados relacionados a programas populares da TV brasileira ao mesmo tempo em que são transmitidos e, assim, alcançar as pessoas que estão comentando sobre eles. Outra opção seria coordenar anúncios na TV e em redes sociais para que sejam veiculados simultaneamente e promovam um maior envolvimento para incentivar consumidores a fechar compras.

2. Reality shows garantem um envolvimento maior
Embora não tenham figurado entre os tipos de programas preferidos pelos internautas brasileiros, os reality shows geram um envolvimento maior. Em outras palavras, os internautas brasileiros prestam mais atenção a comentários sobre reality shows publicados em redes sociais. Na verdade, 94% deles comentam sobre reality shows nas mídias sociais. Outros tipos de programas que geram um nível elevado de envolvimento dos internautas brasileiros com as redes sociais incluem game shows (92%), programas de auditório (91%), programas voltados para mulheres (91%), programas de moda (91%), novelas (89%), programas infantis (89%), programas de comédia (89%) e programas de culinária (89%).

Esse é um claro sinal de que marcas que investem em anúncios televisivos para esses tipos de programas precisam explorar anúncios nativos relacionados a eles, como posts patrocinados ou outras opções, para tirar proveito desse envolvimento.

3. Explore o potencial do Shazam
O Shazam é um aplicativo popular que permite ao usuário apontar seu smartphone para a televisão e obter informações sobre programas e outros tipos de conteúdo. Quando a eCGlobal perguntou a internautas brasileiros o que eles fazem na sua segunda tela enquanto assistem TV, as duas atividades mais populares mencionadas por eles foram as de acessar redes sociais e obter informações sobre programas. Como o Shazam integra oportunidades publicitárias a informações disponibilizadas sobre programas, o aplicativo pode oferecer a anunciantes uma maneira de tirar proveito desse comportamento dos consumidores. É importante observar também que a procura de produtos anunciados na televisão é a terceira atividade mais popular entre os brasileiros que usam a segunda tela enquanto assistem TV, o que reforça ainda mais o uso de soluções publicitárias como o Shazam. Por último, a pesquisa constatou que mais de 70% dos internautas brasileiros desejam ter acesso mais fácil a informações sobre produtos anunciados em programas de TV – o que constitui mais uma vantagem do Shazam.

4. Explore as opções do Facebook
Segundo os resultados da pesquisa, 93% dos internautas brasileiros que comentam sobre programas de TV em mídias sociais utilizam o Facebook para esse fim. Apenas 28% usam o Twitter e um número ainda menor (11%) usa o Google Plus. Para aqueles que estão pensando em veicular anúncios dentro de aplicativos, cabe ressaltar que 8% dos internautas brasileiros comentam sobre a programação por meio do Whatsapp.

5. Hashtags podem ajudar — em boa medida
A pesquisa indica que 62% dos internautas brasileiros que comentam programas de TV no Twitter usam hashtags, contra apenas 32% que usam o Facebook com essa finalidade. Isso provavelmente se deve ao fato de que o Facebook não permitia hashtags até o verão de 2013, o que significa que esses números podem mudar. Game shows são o tipo de programa mais popular entre os brasileiros que postam comentários usando hashtags (52%). Os espectadores de reality shows e programas de moda também usam o recurso, ainda que em menor medida.

6. Segmento por dispositivo

Os resultados da pesquisa indicam que 60% dos brasileiros que comentam sobre programas de TV em redes sociais usam um notebook para esse fim, enquanto 34% usam smartphones e 18% preferem tablets.

FONTE: CorpTV