quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Gestores querem videoconferência como principal ferramenta de comunicação até 2016

A adoção da videoconferência está crescendo no ambiente corporativo, embora essa ainda não seja a principal forma de comunicar entre gestores e a equipe, a ideia é que até 2016 isso aconteça. A conclusão é do estudo Global View: Business Video Conferencing Usage and Trends da Polycom, conduzido pela Redshift Research, que afirma que 96% dos líderes empresariais acreditam que a videoconferência melhora a produtividade das equipes.

A pesquisa contou com mais de 1.2 mil tomadores de decisões, e desses, 89% ainda prefiram a comunicação por e-mail, 64% por áudio e 47% por vídeo, mas acreditam que nos próximos três anos o cenário vai mudar e a ferramenta deve se tornar a principal ferramenta de colaboração (52%), seguida pelo e-mail (51%) e chamadas de voz (37%).

Mais de três quartos dos tomadores de decisões (76%) utilizam o video no trabalho e, desse total, 56% participam de chamadas pelo menos uma vez por semana. No Brasil, Índia e Cingapura o número aumenta, e mais de dois terços usam o serviço pelo menos uma vez por semana. Globalmente, quase 90% dos tomadores de decisões entre 20 e 30 anos usam as soluções em casa, e quase metade, pelo menos uma vez por semana.

“A popularidade da videoconferência dentro de casa, especialmente por parte da geração que está entrando na força de trabalho, constitui a grande força motriz da maior preferência e da adoção da colaboração por vídeo no local de trabalho”, afirmou Jim Kruger, VPE e CMO da Polycom.

Segundo o estudo, os laptops e desktops são os dispositivos mais usados para as chamadas em vídeo (75%), depois as salas de conferências (48%) e dispositivos móveis (42%). A estimativa é que em três anos os laptops e desktops continuem como os favoritos (72%), mas o uso de dispositivos móveis e de salas de videoconferência devem crescer no setor corporativo, para 55% e 51%, respectivamente.

Índices
De acordo com a pesquisa, no Brasil, nos próximos três anos a videoconferência será a forma de comunicação preferida para 68% das empresas, seguida do e-mail (38%) e chamadas de voz (33%).

Cerca de 71% disseram que utilizariam dispositivos móveis, depois laptops ou desktops (64%) e salas de conferências (49%).

Globalmente, 38 % dos respondentes usam ou usariam o vídeo para fechar negócios, e no Brasil, o índice aumenta para 44 %.

Os Estados Unidos lideram na adoção de videoconferência para recrutamento e contratação, e 32% dos respondentes disseram que usam ou usariam o vídeo para essa finalidade, e na Ásia Pacífico, 28% o fariam.


Você ainda não conhece as ferramentas de Videoconferência/Webconferência da CorpTV? CLIQUE AQUI e saiba como a CorpTV pode ajudar a sua empresa a ter uma Comunicação Integrada.

FONTE: CorpTV