quinta-feira, 25 de setembro de 2014

O novo perfil do profissional de recrutamento e seleção

Autor: Marcelo Vianna

As mídias sociais já mudaram a forma de consumir conteúdo e produtos. Boa parte das empresas tem investido em estratégias para engajar pessoas e aumentar a visibilidade da sua marca no digital.

A mudança tem impactado diversas áreas, entre elas a de Recrutamento e Seleção, e o "caçador de talentos" do futuro precisa estar conectado e antenado às mudanças no universo digital, cuidar da sua imagem na rede e ser heavy user, pois isso pode ajudar no processo de Hunting de profissionais.

Antes, os profissionais que atuavam nessa área sonhavam com ferramentas que permitissem acompanhar o dia-a-dia, desempenho, e que pudessem traçar perfis de candidatos. Hoje, essa realidade está mudando em algumas empresas, que entenderam a importância das ferramentas para otimização do tempo.

O recrutador deve ser meio "Geek", pois ele terá disponíveis mais informações de inteligência para apoiar a tomada de decisões, e saber trafegar muito bem no universo digital. Ele não pode ficar restrito apenas ao Facebook, WhatsApp e Twitter, mas entender bem de plataformas de networking e Staffing, como LinkedIn e Glassdoor, e estar por dentro das mídias que podem ser a próxima "onda" na rede.

Para esse profissional, estar antenado ajuda a traçar perfis de candidatos e escolher o mais adequado para determinada vaga. Mas, calma, essa busca nem sempre precisa ser feita manualmente, há tecnologias que ajudam a otimizar o tempo do profissional de hunting.

Big Data a favor do "caçador de talentos"
Com a facilidade do big data, que permite a análise de dados em tempo real em níveis cada vez mais avançados, é possível adotar soluções capazes de acompanhar as atualizações dos usuários nas redes sociais, encontrando os profissionais com maior relevância em relação aos critérios de busca da empresa contratante – o que ajuda a otimizar o tempo do recrutador com uma seleção mais assertiva e rápida.

É fato que a busca por aumento de produtividade também tem levado muitas empresas a apostar em recursos tecnológicos e aplicações que permitam melhorar a gestão do tempo como Videoconferências e Webconferências, pelo menos para realizar a primeira etapa do processo, como entrevistas e seleção de perfis. Aos poucos, empresas começam a entender que os sistemas tecnológicos, as mídias sociais e aplicações móveis devem ser usados a favor do negócio.


Informações da Empresa: a CorpTV é uma empresa especializada na tecnologia Streaming (Transmissão de dados - vídeo/áudio) para a criação de soluções de comunicação corporativa à distância e transmissão de eventos corporativos e comerciais via internet ou intranet(Videoconferências Ponto-a-Ponto ou Multiponto, Webconferência, Webcast, etc).

FONTE: CorpTV