segunda-feira, 30 de setembro de 2013

25% das empresas perderão competitividade por incompetência em negócios digitais

Até 2017, a incompetência para lidar com negócios digitais deverá causar uma perda de competitividade em pelo menos 25% das empresas, de acordo com estudo elaborado pelo Gartner. A consultoria fez uma pesquisa recente com 151 pessoas que participam da estratégia digital das companhias – seja no processo decisório, aquisições ou de busca por talentos – e, para 90% dos respondentes, ter os melhores talentos pode definir o sucesso ou o fracasso da estratégia digital.

Em comunicado, a vice-presidente do Gartner, Diane Morello, explicou que a próxima década será marcada por um processo de ir além da noção de usar a tecnologia para automação dos negócios, chegando ao ponto de posicionar a tecnologia como gerador de receita, de exploração de mercado e como ferramenta para conhecer e atrair clientes. Para a especialista, quando as empresas tiverem isso em mente, a tão falada digitalização dos negócios começa a acontecer.

Para o Gartner, o impacto dos negócios digitais já é inegável. A consultoria entende que todo esse processo de digitalização trará novos modelos de negócio, uma remodelação da indústria e mudará a forma como as companhias colocam seus talentos para trabalhar.

Diane informa ainda, via comunicado, que ter uma estratégia de negócio digital cria valor e receita a partir de ativos digitais, muitas vezes já existentes. Ela conta que isso vai além do processo de automação e chega à transformação de fato. São modelos de negócio e experiência do cliente pensados pelas conexões digitais entre sistemas, pessoas, lugares e coisas.


Como ter os melhores talentos pode garantir o sucesso ou o fracasso da estratégia, a consultoria recomenda um trabalho conjunto entre TI e RH, uma vez que os dois departamentos estarão amplamente envolvidos em todo o processo de digitalização dos negócios, bem como na elaboração das estratégias para atingir o objetivo final.

FONTE: CorpTV