terça-feira, 3 de dezembro de 2013

6 Principais motivos para o uso de vídeos na Comunicação

Autor: Marco Taddeo

Nos últimos tempos, o vídeo se tornou uma ferramenta essencial na comunicação. Cada vez mais, as pessoas são influenciadas por vídeos da web em seu cotidiano. Grandes hits são produzidos e viralizados, viram MEMES da internet. Uma grande tendência de comunicação para o novo perfil do consumidor brasileiro.

Por isso mesmo o uso de vídeos vem crescendo de forma exponencial nas organizações. A quantidade e variedade de usos é enorme.

A forma mais efetiva de se divulgar informações sobre produtos, tutoriais, pronunciamentos oficiais, releases multimídia, institucionais, vlogs ou videologs, talk shows, motivacionais, entre tantos outros.

Conclusão: vídeo é a forma perfeita de comunicação.

Nesse momento em que vivemos, não basta mais apenas transmitir a informação, é preciso garantir que a mesma seja assimilada. E para esse propósito, não há nada melhor do que um vídeo.
Entenda os porquês da efetividade e sucesso dos vídeos:

- 4x mais efetivo que textos
Segundo pesquisas, as pessoas tem uma facilidade muito maior em absorver as informações transmitidas daquilo que assistem em comparação ao que ouvem ou lêem. O cidadão comum tende a se lembrar de 20% de tudo que lê, contra 30% do que ouve e, espetacularmente, 70% do que assiste.

- Fantástico poder de viralização
Vídeos costumam ser muito compartilhados por meio das redes sociais. Quando um vídeo atrai a atenção de um público determinado, principalmente dos formadores de opinião, em questão de horas, milhares de pessoas são impactadas. Internautas compartilham conteúdo! Em 2013 a Pepsi produziu um vídeo que atingiu a incrível marca de 2,4 milhões de compartilhamentos. Isso é, divulgação com baixo custo e o efeito é exponencial.

- Facilmente indexado pelo Google e demais buscadores
Você sabia que o YouTube, hoje, é o 2º maior motor de busca de conteúdo da internet, perdendo apenas para o próprio Google. A criação de conteúdo relevante em vídeo faz com que o Google entenda que seu site tem mais autoridade sobre determinado assunto, e com isso te encontre mais facilmente.

- Engajamento com outras mídias sociais
Pesquisas apontam que conteúdo de vídeo publicado em redes sociais possui um engajamento muito maior. A probabilidade de ser replicado, curtido ou compartilhado aumenta em 42%. Isso faz com que seus outros perfis, Facebook, Twitter, ganhem mais curtidores, fãs e seguidores. Conteúdo interessante atrai audiência. Isso sem contar alguns programas da TV Aberta que “adoram” passar vídeos da internet!

- Maleabilidade e Criatividade
Filmes publicitários veiculados na TV precisam obedecer alguns padrões de tempo: normalmente 15 ou 30 segundos. O conteúdo deve ser trabalhado e pensado nos horários de veiculação e sua classificação indicativa. A internet permite uma liberdade maior de produção criativa dos filmes e conteúdos. Em uma pesquisa recente realizada nos EUA, 64% dos usuários que viram um anúncio no YouTube não tinham visto a campanha na TV. Internet não tem grade de horários e nem controle remoto. Filmes de 15 segundos são aceitáveis tanto quanto filmes de 4 minutos e meio, ou 10 minutos! O que vale é o conteúdo.

- Alto retorno sobre o investimento (ROI)

Tamanha a efetividade e penetração dos vídeos, e consequente viralização, traz uma mídia espontânea tamanha, que calculando a relação entre o valor da exposição e o valor investido torna-se extremamente vantajoso. Hoje, ao contrário do que se costumava pensar, uma produção profissional para vídeos tem um custo coerente a diversos tamanhos de budget.

FONTE: CorpTV