quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Eles não brincam de WEB Rádio

Autor: David Jill

Quando se fala em rádio online, rádio web ou webradio (tudo a mesma coisa), queremos abordar a transmissão por meio digital, por meio de bits e bytes, de algo que já conhecemos bem: música, informação, prestação de serviço, entretenimento e por aí vai. Tudo em tempo real, com o uso de recursos sonoros. Sim, este é o nosso velho amigo rádio.

O que acontece quando ele vai parar na Internet é que há certa falta de entendimento com o que se fazer com o nosso velho amigo nesse (não tão novo) segmento que é web.

Fazer uma rádio na Internet é muito mais do que simplesmente retransmitir o sinal gerado por uma emissora AM ou FM. Prova disso são as emissoras que nascem na web e ganham destaque pela tecnologia, ousadia, criatividade e comprometimento.

Há mais de cinco anos, a Best Radio Brasil tem realizado um trabalho que chama a atenção do mercado. Primeiro, porque em menos de um ano de vida, a rádio ganhou o Prêmio Escola de Rádio, no Rio de Janeiro, como a Melhor Rádioweb do ano de 2008. Recentemente, a emissora conseguiu uma sócia-investidora e reformulou totalmente sua infraestrutura. Hoje possui o estúdio mais moderno de rádio online do país, segundo engenheiros e técnicos de áudio de diversas emissoras renomadas. Com essa mudança, a Best mostra que não veio para brincar e disputa audiência com emissoras online de renome, como a Coca-Cola FM e Rádio Skol.

Roberto Vilela, radialista desde 1991 e proprietário da Rede Blitz, emissora online localizada na Avenida Paulista, em São Paulo, acredita muito no mercado profissional de rádio pela internet. Ele percebe que, cada vez mais, as agências de publicidade estão de olho neste segmento. Segundo o radialista, o público que consome rádio pela internet já consegue diferenciar rádios online profissionais das que estão no ar apenas por hobby. No começo a Rede Blitz, a emissora chegou a ser cabeça de rede para algumas FMs pelo Brasil. "Quantas rádios na web fazem isso? E de forma profissional, com vinhetas tem elaboradas e locutores profissionais?", questiona.

Outra webradio que pode ser destacada é a Rádio Tom Social . Há três anos no ar, a webradio tem como foco democratizar a informação no terceiro setor e valoriza também a música nacional. Para Cleber Almeida, fundados e diretor artístico da emissora, as rádios na internet possuem um futuro muito promissor com o advento de novas tecnologias e o constante crescimento da internet, em especial, móvel. Dentro do segmento social, a webradio gera maior receita com parcerias e o sistema de crowdfunding, além de veicular comerciais convencionais.

São rádios assim que o mercado precisa. Emissoras levadas a sério. Feita por profissionais engajados em realizar um trabalho tão bom, se não melhor, que muitas emissoras AM e FM por aí.

Quer ter a sua própria WEB Rádio com um Streaming profissional? CLIQUE AQUI e conheça o serviço de CorpHosting da CorpTV.

FONTE: CorpTV